Instituição romana, dotada de auctoritas, constitui o poder supremo. Apesar de apenas ter o poder de dar conselho aos magistrados (senatusconsultum) e não ordens, tinha efetivos poderes financeiros (poder de fixação dos efetivos do exército e da tributação de fundos a cada uma das operações), comanda também a política externa (designa e recebe embaixadores e pode propor aos comícios das centúrias a decisão sobre a paz e a guerra) e a religiosidade pública.

CONTACTOS

Rua Almerindo Lessa
Pólo Universitário do Alto da Ajuda
1349-055 Lisboa
PORTUGAL
(ver google maps)

(+351) 21 361 94 30

geral@observatoriopolitico.pt

Politipédia © 2024